Posts

Showing posts from May, 2010

2a edição de No assoalho duro

Image
o poeta, músico, editor e crítico de poesia Ronald Augusto lança livro “no assoalho duro” em Itajaídia 28 de maio de 2010 (sexta-feira)no Sebo Livraria e Editora Casa Aberta(rua Lauro Muller, 83 – Centro – Itajaí – SC)das 17:30 às 18:30 horascom um saraudia 28 de maio de 2010 (sexta-feira)no Pier Café Bar(rua Hercílio Luz esquina com Lauro Muller – Centro – Itajaí – SC)das 22:30 às 23:30 horasSOBRE O AUTORRonald Augusto nasceu em Rio Grande (RS) a 04 de agosto de 1961poeta, músico, editor e crítico de poesiaé autor de, entre outros, Homem ao Rubro (1983), Puya (1987), Kânhamo (1987), Vá de Valha (1992), Confissões Aplicadas (2004)e No Assoalho Duro (2007)é editor associado do website www.sibila.com.brwww.poesiacoisanenhuma.blogspot.comONDE LER O POETAHTTP://www.poesia-pau.blogspot.com

através de noites brancas

o espaço cenográfico da livorno de visconti (são petersburgo para dostoiévski), pontes, canais, prédios carcomidos, ruínas onde brincam infantes maltrapilhos, ruas de passeio, boates, etc, tudo isso que indica a exterioridade, o lugar, se desenha a partir de um efeito de metonimização e de exigüidade; estamos rente à gramática do espaço dramático; um drama romântico é encenado num palco cheio de camadas e dobras, profundezas contíguas (os casais dançando na cena da boate, entre cômica e carnal: uma superposição de rostos colados que surgem e desaparecem na sombra feita de uma luminosidade leitosa), rasgos por onde vislumbramos outros corpos cujas existências se movimentam em contra-plano; os espaços da vida fora dos aposentos é estreito, principalmente se os compararmos aos da casa de natália, aí parece haver mais amplitude. a personagem de mastroianni vive numa pensão apertada, parece não ter intimidade, a senhoria entra no quarto sem bater. penso nessas coisas; natália alimenta um s…

voltando de itajaí

lendo um poema