Posts

Showing posts from July, 2014

tópicos sobre os brancos

Image
Brancos são aqueles tipos que aparecem nos comerciais. Ao contrário do que acontece com não-brancos, a presença de brancos nas peças publicitárias não precisa ser justificada.
Brancos: a rigor não existem, os comerciais é que lhes conferem existência.
A máxima segunda a qual um produto que tem um branco como garoto propaganda é sinal de que o produto será bem recebido, só se justifica pela preguiça, pelo cansaço e pelo preconceito.
Brancos são universais, jamais particulares.
Para os brancos qualquer um que se afirme não-branco comete um crime de lesa humanidade, afinal todossomoshumanos.
Tenho amigos brancos. São engraçados.
A branquitude dos brancos é cega.
Brancos dizem: “você sabe com quem está falando?”.
É branca a mão em close up que passa o cartão de crédito. Nas cartilhas de lógica consta: “Sócrates é branco”.
Brancos não aceitam ser coadjuvantes. Pagam seus impostos e fazem questão de publicar isto.

Se autoproclamam brancos, mas a contragosto (pois isso é coisa de não-brancos).

a permanência do sentido

Image
O intruso é um grande talento em forma fixa inventado pelas regras sociais do século XII, e patrocinado provavelmente pelo senhor Danielo. É ainda um espécime típico do know-how conteudísticoda Provença. A forma do intruso se caracteriza por uma “magreza” de expressão atinente à envergadura do seu físico. Gestos e recursos disponíveis ao vulgo não lhe são particularmente apreciáveis a ponto de levar a cabo o discurso mundano do seu comportamento. A extrema limitação de meios e a estrutura recorrente com que fia aos outros sua empresa pessoal, criam uma série de desafios à imaginação do observador.
Vejamos: o sotaque ortodoxo dispõe-se em enunciados leves, medidos por tomadas de fôlego emprestadas ao envoi mais convencional;os tabuísmos terminam não em risos propriamente ditos, mas em safadezas-riso que obedecem a uma distribuição padronizada: a última safadeza-riso de cada cogitação pública se repete no final da primeira cogitação da réplica seguinte. As palavras chulas e derradeiras …